6 de jun de 2017

"MULHER GUERREIRA" - Miss Jaguariaíva

Tamara Roberta Roman - Mulher Guerreira de Jaguariaíva
Miss Jaguariaíva - Brenda Oliveira da Silva

Gostaria de iniciar o meu texto parabenizando a todas nós mulheres. No mês de março tivemos a oportunidade para exaltarmos nossas conquistas e realizações.

Vou falar de uma mulher que venceu uma grande batalha. Nascida em Telêmaco Borba, Paraná, Tamara Roberta Roman, mudou com sua família para Jaguariaíva em 06 de janeiro de 2001, onde então passou a trabalhar e logo adquiriu seu negócio próprio, Foto Arte e Comunicação Visual que hoje patrocina o evento Miss Jaguariaíva. Ela participa de diversos grupos de trabalho voluntário, pois não há nada melhor do que a sensação de estar proporcionando algo de bom para o próximo, algo que beneficia outras pessoas e também quem faz.

Dia 23 de dezembro de 2013 poderia ter sido um dia fatídico, mas não foi. Descobriu um câncer de mama. A partir daí passou por 9 quimioterapias e a última radioterapia foi em janeiro de 2015. Neste momento a força da família, dos amigos e de Deus foi muito importante, e principalmente o que diz ter sido maior que tudo, foi acreditar que uma pessoinha muito especial, seu filho Vitor Hugo, a razão de sua vida onde aprendeu o verdadeiro sentido da palavra amor, este o motivo maior de lutar contra esse mal.

Hoje, quatro anos depois, sente-se renovada e quase melhor do que antes. O "quase” é mais pelas sequelas psicológicas, menos pelas físicas.

Lições? Aprendeu algumas e não as esquecerá nunca mais. Acabou ensinando algumas também, principalmente àquelas pessoas descrentes, que sempre associam câncer com morte. Câncer não é morte. Na maioria das vezes é vida e vida plena, como a que está vivendo agora.

Hoje em dia, voltou a rotina normal de trabalho, e ajuda pacientes que estão passando pela mesma situação, contando um pouco da sua experiência e mostrando a eles que podemos ter uma vida normal, mesmo com limitações durante o tratamento.

A grande lição disso tudo é ter a certeza que não estamos sozinhos nessa jornada. Só resta agradecer a Deus, pelo dom maior, a Vida. E agradecer pela homenagem, ao qual dedica a todas as guerreiras que lutam pela causa.

A vida é curta. Para morrer basta estar vivo, qualquer dia pode ser o nosso último dia de vida. Acordar depois de uma noite de sono é sempre uma dádiva, o milagre da vida se renova todos os dias em nós. Carregue sempre no seu coração a certeza de viver de verdade.





Nenhum comentário: